Vídeo: com este método você vai acabar com a sinusite e a gripe

0

Hoje vamos mostrar como você vai fazer acabar com a sinusite e também com a gripe, fazendo lavagem nasal de forma correta e eficaz.

Você sabia que tem como acabar com a gripe sem gastar dinheiro comprando remédios caros, vitaminas, anti-inflamatórios e antibióticos? E a sinusite, você sabia que tem como tratar esse problema que atinge milhões de pessoas no mundo, aí mesmo na sua casa, só com remédios simples e caseiros?

Bom, para as duas perguntas, é sim, tem como tratar essas enfermidades com remédios simples e caseiros. E os métodos são bem parecidos, com algumas poucas diferenças, mas com a mesma eficácia.

Hoje vamos mostrar como você vai fazer acabar de vez com a gripe e também com a sinusite, fazendo lavagem nasal de forma correta e eficaz.

Primeiro você precisa saber que há vários métodos de lavagem nasal, que atende a cada caso. Hoje vamos conhecer todos principais métodos e optar pelo que for melhor para você.

Se você está com gripe, resfriado, sinusites, provavelmente o médico vai lhe orientar para fazer uma lavagem do nariz, lhe receita para lavar o nariz, o que você faz? Vai na farmácia e compra um spray nasal.


O spray não é para lavar o nariz, sua utilidade é limitada em umidificar o nariz, e é mais apropriado para quando você viaja em avião, está em ambiente de clima seco, ou a muito tempo em ar condicionado.

Para fazer uma lavagem nasal, é preciso de mais volume e conseguir remover a secreção que está presente nas cavidades da face.

Com os métodos a seguir, você vai conseguir resultados eficazes, e, irá fazer uma limpeza completa das narinas, e assim, conseguir ter uma respiração mais agradável.

A lavagem nasal, é classificada em dois tipos:

A primeira, é usado pouco soro e a segunda, é usado um volume maior de soro, para limpeza nasal.

Pessoas que está com uma gripe leve, pouca secreção e uma simples irritação nas narinas, pode optar para fazer uma prevenção e higienização do nariz, com uma lavagem usando pouco volume de soro.

Pessoas que tem sinusite mais “agressiva” ou está com uma gripe que tem muita secreção, dificuldade de respirar por conta do volume de catarro, opte por fazer uma lavagem nasal de alto volume, onde será usado jatos de soro mais forte.

Vamos começar com as lavagens de baixo volume

Na lavagem de baixo volume, no primeiro método pode ser usado um conta gotas, método ideal para lavagem nasal em criança, pois não assusta a criança.

Deve ser colocado pelo menos 45 gotas de soro em cada narina. A pessoa pode estar deitada, sentada ou até em pé com a cabeça ligeiramente inclinada para cima.

Outro método, são os flaconetes, que são vendidos em farmácia, e possui 10 ml de soro. São práticos para você levar na bolsa, e pode ser usado em qualquer lugar.

Palma da mão: este é o mais simples, e tudo que você vai precisar fazer é colocar o soro na palma da mão e, aspirar o líquido do soro em cada narina. O procedimento deve ser repetido três ou quatro vezes, e as mãos devem estarem limpas, para fazer o procedimento.

Soro pressurizado: é um dispositivo que vem com soro pressurizado, ele funciona como um desodorante aerossol, é muito prático, pode ser carregado na bolsa. A única negativa do dispositivo, é o preço, mas sua eficácia é imensa, e tudo que é preciso fazer, é colocar o bico em cada narina, e apertar o spray por 4 ou 5 segundos, logo você já vai poder respirar melhor.

Seringas: é o método mais popular entre os otorrinos, é recomendado frequentemente por sua praticidade e ser vendido em qualquer farmácia.

Em crianças, este método, deve ser usado com a cabeça levemente inclinada para trás, podendo ser colocado 10 ml de cada lado devagar, em cada narina, não deve ser usado muita pressão, para não causar dor de ouvido.

Já os adultos, podem usar uma seringa maior, de 20 ml, com a cabeça inclinada para trás ou se preferirem, com a cabeça inclinada para frente e, o rosto um pouco de lado, para colocar a seringa de um lado, fazer o soro entrar e sair por outra narina.

Este método, é chamado de lavagem nasal retrógrada, é muito eficiente. O cuidado fica em não colocar muita pressão, para não causar dor de ouvido.

Lavagem nasal com muito volume de soro.

Este método, é mais indicado para paciente com renite ou sinusite, onde há muita secreção, coriza, e também para pacientes gripados, com muito volume de catarro.

O método causa espanto e medo de sentir a sensação de afogamento, em algumas pessoas quando o soro passa pelo nariz. Mas, é o mais eficaz, e se você fizer da forma correta, vai perceber que não é um bicho de sete cabeças.

Para não sentir desconforto com esse tipo de lavagem, existem vários tipos de dispositivos, para lavagem nasal de alto volume. No método, a gente coloca 240 ml de soro ou de solução caseira, para lavagem nasal.

Iamgem:

Lavadores de narina

Este método tem comprovação científica, de melhora do sintoma da sinusite e, cura rapidamente da gripe.

No método, você inclina o tronco para frente, vira o pescoço para o lado introduz a ponta do frasco na narina que ficou para o alto. Apertando com suavidade, você vai colocando o soro na narina, o líquido deve sair pela outra narina.

O processo deve ser feito nos dois lados, e é muito importante que durante toda a lavagem, você respire com a boca aberta. Respirando com a boca aberta, você não vai ter aquela sensação de afogamento.

No vídeo logo abaixo, as otorrinolaringologistas, Dra. Renata Mori e Dra. Renata Pilan, explicam cuidadosamente cada passo citados nesta matéria. Aperta no play, e veja todos os métodos citados, na prática.

Lavagem nasal para acabar com a gripe e sinusite

Lembrando ainda, que as dicas citadas na matéria, não substitui um especialista.

Compartilhar

About Author

Dicas e Coisas

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: